h3.post-title {text-align: center; Marescer

BELEZA OCULTA


Oi, gente! Tudo bem com vocês? Por aqui está tudo bem!

Há uns dias assisti o filme Beleza Oculta (Collateral Beauty) estrelado por Will Smith, com Kate Winslet e Keira Knightley no elenco. No filme, Howard, personagem de Will Smith, um publicitário bem sucedido, entra em depressão após a perda de sua filha, a única forma que ele consegue se expressar é escrevendo cartas para destinatários sem endereço de entrega: a morte, o tempo e amor. Três colegas de trabalho e amigos de Howard, que estão encarando seus próprios dramas, com a morte, o tempo e amor, tentam resgatá-lo da prisão de sofrimento. Conhecem as histórias dos espíritos natalinos? O passado, presente e futuro que estão sempre visitando algum personagem que precisa rever suas atitudes? Então, os espíritos natalinos de Howard são a morte, o tempo e amor. Seus amigos contratam três atores para encenarem esses espíritos e responderem as cartas que lhe foram direcionadas por Howard. E, não, não vou entrar em discussão sobre atitudes certas ou erradas, respeito, enfim, o que me chamou atenção no filme foram outros pontos. Enquanto Howard enfrenta seus monstros, seus amigos também estão na jornada chamada vida em que pessoas adoecem e têm medo de morrer, porque tudo que elas têm aqui é bom, pessoas que passaram tempo demais se dedicando aos outros e não perceberam que existia algo chamado amor próprio, vontade própria e vão enterrando seus sonhos, de formar uma família até, porque perderam tempo demais e acham que realmente a luta delas é com o tempo, pessoas que limitam o amor, por se acharem culpadas e não merecedoras, e quem disse que merecemos mesmo? Mas quem disse que não podemos ser dignos de amor e quem disse que não podemos demonstrar, temos mais é que demonstrar amor e hoje, minha gente! O que mais chamou atenção na mensagem do filme foi: em todas as situações podemos aprender algo, podemos evoluir, tem um propósito, tem uma beleza oculta! Talvez não entenderemos na hora, mas quando um dia olharmos para trás, veremos que até sofrimentos nos trazem benefícios.

Então, fiquei me perguntando: Tenho enxergado a beleza oculta em todas as circunstâncias? Temos a enxergado? O que, hoje, tem nos cegado? Nos privado de sermos verdadeiros, nos privado do nosso propósito, da luz, da vida?

Muitas vezes somos cegos pelas circunstâncias, que são momentâneas, sejam boas ou ruins. E se eu te falar que adversidades podem nos ajudar? Vale aprender com os erros, aprender nos momentos de sofrimento, escuridão, vale! Vale amadurecer, vale florescer, vale viver!

"Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam" Romanos 8:28

Lindo, né? E quando algo não acontece como esperávamos? Quando algo não dar certo, nos fere, nos faz sofrer, Deus é contra nós? Mas todas as coisas cooperam! Minha vida mudou quando eu comecei a orar para não ser julgadora do bem e do mal! O que é bem e mal? Parafraseando A Cabana: e quando meu bem é o mal do outro, isso é bem? Quando julgamos o bem e o mal, criamos uma vida sem fim de julgamentos e quando julgamos, nos sentimos responsáveis, pesados. A minha oração é que você guarde seu coração e possa entender que todas as coisas cooperam e que a vida nesse mundo é realmente curta para nos preocupamos com fardo de sermos juízes. E ainda te digo mais: A circunstância que você está vivendo é momento, vai passar! Veja a beleza oculta nela! Saiba que Deus está te preparando para algo maior e melhor!

Às vezes, o que tem nos cegado é a morte. O medo da morte, mais precisamente. O medo da morte aprisiona, nos priva de desfrutar o nosso chamado. Uma das únicas certezas que temos sobre esse mundo é que nossa passagem aqui é curta, não sabemos como, quando, onde, mas sabemos que morreremos de alguma forma, algum dia, em algum lugar. Mas não escolhamos morrer hoje! Não fomos chamados para sermos mortos vivos, mas para termos vida em abundância! Vivamos! Vivamos para o propósito que temos sido chamados! Sejamos flores em vida e não flores em um túmulo. Existe algum efeito colateral por se viver? Meu amigo, são tantos, alguns vão te machucar, amedrontar, outros vão te trazer paz, felicidade, conforto.

O tempo tem aprisionado alguns de nós. Somos tão preocupados com o tempo, estamos impacientes, imediatistas. Não somos mais intensos em desfrutar da vida. O que, na verdade, chega a ser irônico, se o tempo tem sido trem bala, parceiro, por que não aproveitamos as coisas boas, por que temos perdido tempo com coisas que não nos tem acrescentado? Por que não somos intensos em cada oportunidade? Porque temos sonhado de mais, e igualmente procrastinado, mas realizado de menos. Por que estamos conformados. A cura para isso? Aproveitar a vida! Tem alguma sequela? Isso, só saberemos com o tempo, mas não deixe que o medo dele te prive de viver!

Ou o amor tem nos limitado? Você tem se achado desmerecedor do amor de pessoas? Existe uma pessoa que dar amor de graça! Ele te aceita como você estar, mas a partir do momento que você o aceitar, ele vai mudar a tua história! A minha pergunta é: O que tem sido amor na sua vida? É o amor lá de 1 Corintios 13, que nunca perece? 

"O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha.
Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor.
O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade.
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor nunca perece" 1 Corintios 13:4-8

Porque esse é o verdadeiro amor, é alegria, é bondade, mas também há amor na tristeza, na dor. O amor está conosco em todos os momentos. Por sermos humanos chegamos a desistir do amor, mas o amor não desiste de nós. Acho que a recomendação é óbvia, né?! Ame viver, ame ser você mesmo, ame quem você enxerga, ame independente do efeito colateral ou da precaução, ame!

Floresçam, babies!!!

QUERIDO AMIGO


Querido amigo,

Obrigada por viver comigo, por todos os sorrisos e dores compartilhados, obrigada por cuidar de mim, me fazer especial e por ter um abrigo nesse mundo. Obrigada, amigo querido, por tudo!

Querido amigo, obrigada, porque uma vez fomos melhores amigos, confidentes e inocentes crentes do "para sempre". Desculpe-me por não ter resistido por nossa amizade. Me desculpe pelas vezes que fui egoísta ou hipócrita, mas obrigada por todas as vezes que você acreditou em mim. Quero dizer que estou verdadeiramente orgulhosa por quem você é agora, e o que vem conquistando. Sei que você está rodeado por pessoas que te amam e que tem um futuro incrível a viver. Amigo, às vezes sinto sua falta ou imagino como seria se ainda nos falássemos, mas essa é a vida, não é? Nós bem que fomos avisados: "pessoas entram e saem das suas vidas". Você foi daquelas pessoas que entraram sem pedir, fez meus dias melhores, minhas estações mais vivas e se despediu silenciosamente. Talvez eu seja um tanto otimista em pensar que um dia eu possa ter aquele nosso "normal" de volta, afinal, "tudo que vai, volta", eles disseram. Mas o eu realista grita: vai, amigo, vive sua vida, curte o máximo sua família, seus amigos, seus amores. Espero que onde esteja, seja feliz e amado!

Querido amigo, obrigada pelo presente da sua presença, por me inspirar, obrigada pelas marcações no seu feed, porque eu sei que não tem nada a ver com likes, mas com momentos, experiências, vida compartilhados. Obrigada, amigo, por confiar em mim, por seu coração disposto, obrigada por todas as vezes que você me fez "cair na real", obrigada por tudo que você tem acrescentado em minha vida, obrigada porque cresço com você, amadureço e não me escondo, mas posso ser eu mesma, sem medo, obrigada por fazer parte da minha história!

Querido amigo, você é cheio de luz e cores, sou grata por compartilhar essa vida contigo. Desejo a você a melhor vida que você possa viver, sempre. Desejo sabedoria para todas as escolhas que, eventualmente, precisará fazer nessa caminhada. Desejo coragem para lutar bravamente pelo o que sonha. Desejo amor constante para todos os dias de sua vida.

Obrigada e feliz dia do amigo para você que foi, é e será meu amigo! Você foi, é, será flor na minha vida e espero que isso seja reciproco. Vá, floresça esse mundo com esse coração lindo e ilumine todos com seu sorriso único.

Amo você!


A FELICIDADE ESTÁ DENTRO DE NÓS!


Oi, gente!

Faz um tempo que não escrevo aqui. O motivo, o mesmo de sempre, vida real acontecendo, assim como a de vocês também está no exato momento que você está lendo esta postagem.

Admito que vários assuntos vieram ao meu coração para compartilhar com vocês, mas quando percebia o sentimento tinha ido embora e eu acabava sem escrever nada. Mas percebi que não tem graça em guardar tantas coisas boas só para mim e resolvi não deixar de transbordar aqui. E hoje quero falar com vocês sobre FELICIDADE

Eu amo animações e estou sempre assistindo e sendo inspirada por esses "filmes infantis", que são mais que "filmes infantis" para mim. Não sei por qual motivo demorei tanto para assistir Trolls, animação da Dreamworks, estreada no final de 2016 aqui no Brasil. Gente, que animação maravilhosa de se assistir!

Na animação, os trolls são criaturinhas fofas e coloridas (I love colors!) que amam cantar, dançar e abraçar, ou seja são as criaturinhas fofas e coloridas mais alegres que existem! Por outro lado, temos os berguens, criaturas grotescas, que internalizaram que a felicidade deles dependia e custava da alegria dos trolls. Os berguens acreditavam que para serem felizes precisavam comer um troll! E, meu amigo, isso não é apenas fantasia, mas realidade, infelizmente colocamos nossa felicidade em pessoas e coisas, terceirizamos nossa felicidade! 

Nessa postagem irei compartilhar com vocês as lições que aprendi com essa animação linda. Antes de começar a ler, recomendo que vocês escutem essa música, performada por Justin Timberlake e Anna Kendrick, que dão voz aos protagonistas, ao longo da leitura.


1) Não podemos viver aprisionados na mentira que nossa felicidade depende disso ou daquilo! A felicidade está dentro de nós!

Ei, a sua felicidade está dentro de você! Não está no dinheiro que você quer para comprar um celular que acabou de lançar ou em uma televisão maior, ou no dinheiro para comprar isso ou aquilo! A sua felicidade não está no consumismo! A sua felicidade não está, exclusivamente, na felicidade de outra pessoa. Alegre-se, pois você tem um Pai que te ama tanto que nem me ouso a mensurar o quanto, não tem valor! Um Pai que cuida desde os menores detalhes, que fazem toda a diferença. Alegre-se pois você está vivo, pois você não é mais escravo do pecado, escravo do mal. Alegre-se porque você tem muito, muito e muito mais a ser grato! Não seja grato por um único momento, mas por sua vida eterna, alegre-se, alegre-se, porque você é mais que agraciado, especial, único e cheio de cores!

2) Não devemos viver aprisionados pelos erros do passado ou por medo do futuro! Invés de levar uma vida de amargura, medo, escolha ser feliz pelo presente do presente!

Não esconda seu sorriso por nada, nem mesmo por se sentir culpado ou amargurado pelo passado, nem por medo do futuro. Você não nasceu para isso!! Você nasceu para inspirar todos ao seu redor e o mundo com o seu contagiante sorriso e o brilho dos seus olhos, com a beleza que é a sua personalidade. Você nasceu salvo!! E se o futuro, as escolhas futuras têm pesado em sua vida, entrega, confia em Alguém que só está esperando você voltar seus olhos para Ele e entregar sua vida, seu futuro nas mãos dEle! Ei, alegre-se por hoje, alegre-se pois você é livre!

3) Cantar relaxa! Cantemos quando estivermos felizes e também quando estivermos com o coração machucado!

Algo que tem estado presente em minha vida: escutar e cantar! Ariana Grande disse que a música une pessoas, e isso é tão real, louvar nos conecta com o Pai! Quando estiver feliz, cante, cante, agradeça, exalte. Quando estiver triste cante, cante, cante, deixa a verdade daquela música entrar em seu coração, abra as portas do seu coração para a paz e nunca para a preocupação. O problema tem o tamanho da importância que damos para ele, então não ande preocupado com qualquer coisa, cante e guarda teu coração. E não, não estou falando apenas de louvores, mas também músicas do mundo que nos inspiram, nos acalmam, nos conectam com nosso verdadeiro nós.

4) Somos todos profundos, intensos e lindos!

Você é lindo e cheio de cores! Já te disse, não terceirize ou aprisione sua felicidade! Talvez eu lhe conheça e saiba uma pequena sinopse sobre a sua vida e me desculpe por isso, pois sei que você é muito, muito mais do que o meu pré-conceito, sei que existe muito mais acontecendo na sua vida real do que uma foto ou legenda nas suas redes sociais podem captar, sei que você é mais que seu Insta Stories, mais que seu status, eu sei que você é profundo, um humano, como eu cheio de subjetividade, com dias bons e outros nem tão bons assim, um humano que cuida, que é cuidado, que ama e é amado!

5) A hora do abraço é toda hora!

Eu amo abraços! Uma das expressões de amor mais linda! Deixa eu te falar, não existe hora para abraçar, não existe hora para cuidar, para perdoar, não existe hora para amar, porque toda hora é hora! Não sejamos frios, estamos vivos, demonstremos amor, cuidado, carinho, admiração, demonstremos, demonstremos, demonstremos! Abraçem hoje, abraçem amanhã e depois de amanhã também! Nunca deixe de abraçar por qualquer motivo que seja, não se amargure porque deveria ter feito isso ou aquilo, mas viva intensamente!

Por hoje é isso, amigos! Fica a dica de animação para vocês assistirem e refletirem. Espero que eu tenha falado um pouco ao coração de vocês! Os comentários dessa postagem, minhas redes sociais estão disponíveis para conversarmos! Comentem, compatilhem com alguém que você e vamos florescer sempre!

Uma semana florida de sentimentos maravilhosos para vocês!

EU QUERO MAIS QUE A VIDA DO EXTERIOR!


Hallo!

Como vocês estão? Espero que estejam bem! Há alguns dias foi liberada a trilha sonora do live action de A Bela e a Fera e eu venho escutando as músicas over and over again. Foi em um desses momentos de contemplação que me veio o título desta postagem.

Em uma das músicas Bela canta a seguinte frase: "Eu quero mais que a vida do interior". Para quem a conhece, sabe que essa frase a define por demais. Bela vive em uma pequena cidade do interior, onde as pessoas não pensam fora da caixa e ela até é chamada de "esquisita" e "maluca" por pensar assim. Ela quer viver aventuras como as que degusta nos romances que lê, quer encontrar pessoas que a entendem e não a julguem. Esses são alguns dos motivos pelos quais a amo. Mas, apesar dela ter inspirado essa postagem, não é sobre ela que irei escrever, mas irei escrever sobre algumas coisas que estão no meu coração.

Eu quero mais que a vida do exterior. Sim, exterior mesmo e não interior. Eu quero viver em um mundo em que aparência não seja requisito para definir nossos valores. Em um mundo em que nós todos possamos transbordar sentimentos e emoções, felizes ou tristes, e não praticarmos a cultura da indiferença, em que muitas vezes deixamos de ser nós mesmos, demonstrando o que não sentimos, um sorriso quando uma lágrima era necessária, disfarçando nosso desconforto com certas pessoas, atitudes, lugares.

Eu quero mais que a vida do exterior. Quero viver sem escudos ou máscaras, quero ser rodeada por pessoas assim, nuas de todos os sentimentos falsos e hipocrisias. Quero ser uma amiga verdadeira, não comemorar porque é protocolo ou presentear por causa da data, mas se empolgar porque o coração está alegre com a felicidade de quem se ama, presentear sem data, estar junto, um abraço apertado quando as palavras não fazem sentido, demonstrar gratidão por tê-los, todos, em minha vida.

Eu quero mais que a vida do exterior. Quero viver uma vida em que só vistamos o que nos faz bem e não o que as vitrines nos influenciam a vestir. Que não nos preocupemos com números e tamanhos porque não nos encaixamos num tal padrão. Eu quero mais que a vida do exterior. Quero viver uma vida sem padrões impostos pela sociedade, sem perfeições. Que apenas sejamos felizes com o que comemos e vestimos. Eu quero um mundo cheio de personalidades, opiniões e crenças próprias. Um mundo diverso, com todo tipo de gente, vivendo felizes com seus interiores e se transbordando, florescendo todo o mundo a sua volta.

Uma semana florida e cheia de surpresas para vocês!

FILMES MUSICAIS FAVORITOS #1


Hello!!

Faz um tempão que não apareço por aqui, né?! A vida estava acontecendo e eu sempre procrastinava para criar conteúdo para o blog. Bem, estou de volta e cheia de empolgação para essa nova fase do blog, que além de cara nova, está com nome novo!

Por que MARESCER? Eu fiz um jogo com meu nome, MARI, e a palavra FLORESCER. Eu quero florir um pouco do meu mundo na tua tela, no teu dia, na tua vida! Quero ser sempre a Mari por aqui, com opiniões sinceras e sentimentos verdadeiros. E quero que vocês também sejam flores, interagindo, dando opiniões sobre novos conteúdos, enviando textos autorais (que terei o maior prazer de compartilhar), me indicando coisinhas legais, enfim, sintam-se a vontade e sejam bem vindos!

Então, vocês devem ter vindo aqui por conta do título da postagem, vamos, finalmente, ao que interessa? Alguém aqui não ama filmes musicais? Um dos maiores prazeres da vida é ver nas telonas atores que atuam, cantam e dançam, pelo menos para mim.

Recentemente assisti La La Land, filme que vem ganhando Hollywood e me lembrando, claro, de filmes musicais clássicos que nunca esquecemos. A partir de 16 de Março poderemos apreciar um live action de uma animação musical clássica: A Bela e a Fera. Quem está contando os dias para ter o coração arrebatado nos cinemas? Eu também! Ah, e as músicas do filme já estão todas na playlist, não dá para fazer feio na sala de cinema, né?! Para completar, semana passada vimos as primeiras imagens de Mary Poppins Returns, com Emily Blunt toda a caráter, meu coração não aguenta <3


Enfim, é nesse clima de filmes musicais que selecionei nessa postagem cinco dos meus filmes musicais favoritos!!

SINGING IN THE RAIN (1952) 


Quem nunca cantou na chuva? Esse filme musical foi um dos primeiros que assisti e sou apaixonada!! O filme é estrelado por Debbie Reynolds e Gene Kelly, e conta com toques cômicos, dramáticos e românticos, hein?! Se você não assistiu ainda, está esperando o quê?

FUNNY FACE (1957)


Oh, minha amada Cinderela em Paris!! O motivo óbvio de eu gostar desse filme? Audrey, claro! A atuação dela está maravilhosa e esse filme a consagrou como ícone da moda!

MY FAIR LADY (1964)


Talvez eu goste um pouco da Audrey, tá?! Além de um dos meus filmes musicais favoritos, também é um dos meus romances favoritos. Um foneticista (Ah, Letras <3) ensina uma florista a se tornar uma dama, partindo do modo que ela pronuncia as palavras!!

MARY POPPINS (1964)


Mary Poppins de novo, sim!! A melhor nanny que você respeita! Gente, o que é Julie Andrews nesse clássico da Disney? Fico até sem palavras! Apertem o play, deixem a mágica acontecer e esperemos ansiosos Mary Poppins Returns <3

LA LA LAND (2016)


Por último e não menos importante, La La Land, filme que inspirou essa postagem e que quase ganhou o Oscar de Melhor Filme, mas era tudo um remake do Miss Universo, né?! Como é maravilhoso ver Emma Stone (que ganhou Oscar de Melhor Atriz pela atuação nesse filme) e Ryan Gosling (Deus abençoe esse homem!) nesse filme! Eu sou suspeita a falar, pois amei demais as canções, os cenários, a fotografia, o figurino, e, claro, o enredo, que fala sobre sonhos e sobre relacionamento (que eu prefiro deixar para discutir em uma próxima postagem, ok?).

Espero que vocês tenham gostado dessa postagem! Deixem nos comentários seus filmes musicais favoritos e sugestões de postagens! Que essa seja a primeira de muitas postagens nesse 2017! 

Uma semana de paz para vocês! Floresçam!

Topo